[UFPR] "Sermão de Santo Antonio aos Peixes", Padre Antonio Vieira:

21:34


Olá, pessoal.
Que saudade! Hoje inicio um novo projeto aqui no blog e, confesso de antemão que, apesar de ser um grande desafio, é também um trabalho desempenhado com muito amor: a estreia da coluna Vestibular! O intuito principal é apresentar breves análises de obras prestigiadas em processos seletivos de grandes universidades públicas do país, sendo elas de Literatura, Sociologia e Filosofia. Espero poder contribuir com o aprendizado de vocês! Lembrando que não possuo nenhuma formação acadêmica que me permita analisar de maneira mais profunda os conteúdos dos livros, apenas farei um breve resumo das obras, apresentando o meu ponto de vista como leitora, apoiado em pesquisas para contextualização.

O primeiro título escolhido faz parte da lista de leitura obrigatória da UFPR: “Sermão de Santo Antonio (aos peixes)”.
Pregado em São Luís do Maranhão, datado de 13 de junho de 1654, pelo padre Antonio Vieira (que foi um grande representante da prosa Barroca), a obra foi escrita em uma época em que o padre lutava fortemente contra a escravidão indígena e a exploração portuguesa (período conhecido como Era Mercantil).
O enfoque do texto é discutir sobre as virtudes e vícios humanos, demonstrando assim, uma grande preocupação social. A construção literária conta com o emprego de metáforas e símbolos, usados para elaborar críticas à conduta exploradora dos colonos, por meio de argumentações diretas.
Os peixes citados na obra nada mais são do que os próprios homens. O desenvolvimento da alegoria trata de expor as principais qualidades e repreensões dos mesmos, de modo que o leitor consiga facilmente transpor essas características ao próprio comportamento e às relações sociais. O que achei mais fantástico é a contemporaneidade dos temas abordados: ganância e corrupção.

"A vaidade entre os vícios é o pescador mais astuto e que mais facilmente engana os homens."

ENTENDENDO AS METÁFORAS:
A primeira metáfora do sermão é o “SAL DA TERRA”. Nesse momento, Vieira refere-se aos pregadores da Palavra. Segundo ele, seria responsabilidade dos pregadores impedirem a corrupção dos fiéis, utilizando da pregação e da prática real de seus discursos.
Em seguida, ele passa a exaltar as qualidades dos “PEIXES” (que nesse contexto, trata-se dos fiéis a Cristo). A principal qualidade nesse trecho é a OBEDIÊNCIA.
A partir de então ele cita diversas situações em que peixes se mostraram virtuosos. Os exemplos dados são: o “PEIXE DE TOBIAS” (que curou a cegueira e tirou mágoas do coração), a “RÊMORA” (representa a força da palavra de Santo Antonio), “QUATRO-OLHOS” (representando a capacidade de distinguir o bem e o mal) e o “TORPEDO” (representa a conversão).
Por fim, o padre enumera repreensões aos peixes, devidamente exemplificadas: os “RONCADORES” (representando a soberba, o orgulho), os “PEGADORES” (representando o oportunismo), os “VOADORES” (representando a ambição) e o “POLVO” (representa a traição).

“Quem quer mais do que lhe convém, perde o que quer e o que tem. Quem pode nadar e quer voar, tempo virá em que não voe nem nade."

Na conclusão do sermão, Vieira exalta os peixes que, devido a sua natureza, não podem ser sacrificados vivos a Deus e sacrificam-se em sinal de respeito e reverência. Foi uma leitura extremamente rápida e agradável. Apesar de a linguagem ser um pouco mais rebuscada e do conteúdo do texto ser alegórico e carregado de antíteses, consegui ler o livro em duas horas, isso por conta do talento de Antonio Vieira em construir um discurso fortemente argumentativo e questionador. Uma verdadeira joia literária.

Espero ter conseguido sintetizar a beleza e importância social desse texto. Esse ano tive meu primeiro contato com a obra e fiquei encantada.
O post da semana que vem ajudará vocês a lembrarem dos períodos da Literatura Brasileira com suas principais características e autores. Não percam!

Quem já leu essa obra para o vestibular? O que achou? Deixem sugestões de resenhas para o vestibular nos comentários!

VOCÊ PODERÁ GOSTAR TAMBÉM:

0 comentários

Arquivo

CONTATO

Nome

E-mail *

Mensagem *

Subscribe